No âmbito da sua competência de supervisão do setor alimentar, a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) participou nos dias 24 a 28 de maio de 2021, numa operação de fiscalização conjunta na ilha de São Vicente, coordenada pelo Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Além da ERIS e SNPCB, a equipa de fiscalização conjunta foi composta por representantes da Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE), Inspeção Geral do Trabalho (IGT) e Delegacia de Saúde, Polícia Nacional, Corpo Militar e Guarda Municipal.

Neste quadro, as ações de inspeção aos estabelecimentos alimentares tiveram o objetivo de verificar o cumprimento das medidas de prevenção da contaminação por SARS-CoV-2 por parte dos estabelecimentos do setor alimentar.

No total foram realizadas 41 ações de inspeção, sendo que foram suspensas as atividades de 12 estabelecimentos, cujo funcionamento poderia lesar os consumidores ou por em causa a saúde pública. As principais recomendações emanadas estão relacionadas com as condições de segurança sanitária dos alimentos, bem como com as questões de higiene nos espaços.