A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) emitiu uma circular informativa sobre a utilização de dexametasona em doentes com COVID-19.

Direcionada aos Profissionais de Saúde, a Circular Informativa nº 089/ERIS-DRF/2020 informa que a dexametasona é um glucocorticoide utilizado comumente para tratar uma série de afeções inflamatórias, doenças autoimunes e alérgicas, dentre outras.

A dexametasona começou a ser considerada como um potencial tratamento para a COVID-19, devido à sua capacidade em reduzir a inflamação, que desempenha uma ação relevante no desenvolvimento da doença em alguns doentes com COVID-19 admitidos nos hospitais.

Assim, a ERIS recomenda aos Profissionais de Saúde:

  • Utilização da dexametasona em adultos e adolescentes (a partir dos 12 anos de idade e que pesem pelo menos 40 kg) que requerem terapia suplementar com oxigénio.
  • Administração por via oral ou sob a forma de uma injeção ou perfusão (gota a gota) numa veia.
  • A dose recomendada nos adultos e adolescentes é de 6 mg uma vez por dia, por um período que se pode estender até 10 dias.

A ERIS continuará a acompanhar e a divulgar toda a informação de segurança sobre este assunto.