A pandemia da COVID-19 continua a afligir o mundo e o nosso país também. Atenta à situação atual de Cabo Verde, a equipa de fiscalização conjunta disponibiliza dois Modelos de Plano de Contingência direcionados aos estabelecimentos do setor alimentar, sejam retalhistas ou de restauração e similares.

Com o objetivo de apresentar as medidas a serem acionadas para minimizar os perigos que possam ser trazidos pela disseminação da COVID-19 nos seus estabelecimentos e tendo por base a legislação em vigor, bem como as orientações internacionais, os Modelos de Plano de Contingência para os estabelecimentos do setor alimentar poderão ser adaptados e implementados pelos operadores deste setor.

De referir que o sucesso das medidas preventivas depende de todos os envolvidos, desde os operadores económicos, autoridades competentes e cidadãos, de uma forma geral.

Os Modelos serão revistos e atualizados sempre que necessário.

Além da Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), compõem a equipa de fiscalização conjunta: o Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB), Inspeção Geral do Trabalho (IGT), Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE), Polícia Nacional (PN) e as Delegacias de Saúde.